Minha 1º Viagem à trabalho

viagem_de_negócios

Olá pessoal, tudo bem por ai?
Hoje vou compartilhar com vocês uma super experiência que tive essa semana.
Fiz minha primeira viagem de negócios, e completamente sozinha.

Confesso que quando soube que eu iria visitar um cliente no Rio de Janeiro fiquei meio receosa, pois eu nunca tinha ido pro Rio (podem rir.. HAHAHA eu nunca tive a oportunidade de ir para o Rio). Como vou para um lugar que eu nunca fui, não conheço nada e completamente sozinha?

A empresa comprou minha passagem, meu chefe me deu algumas orientações e pronto.
Cheguei em casa na noite anterior, e arrumei minhas coisas, eu iria passar só um dia lá, então não precisava de roupas, mais mesmo assim coloquei um calcinha e uma camiseta limpa na mochila (você nunca sabe se o voo pode atrasar, o tempo pode estar fechado e o avião não decolar, essas coisas), e outros itens, de higiene pessoal como, escova de dentes, desodorante, maquiagem, e o material que eu precisava para a reunião.

Chegou o grande dia, quase nem dormi de ansiedade, mais tudo correu bem. Acordei as 4:00 da manhã, me arrumei, comi uma torrada, peguei minhas coisas e fui para Campinas.
Cheguei lá bem cedo, eram 6:30 da manhã, consegui uma vaga no estacionamento bem próximo ao embarque.. Uffa! Ainda bem!
Tomei café lá no aeroporto, fui ao banheiro, fiz uma make bem leve, morrendo de medo de derreter, porque vai saber como tá o Rio..
E fiquei esperando meu voo. Cheguei no Rio (ahhh que lugar mais lindo!) Olhando tudo de dentro do avião, meus olhos brilhavam. É muito lindo aquele lugar.

Cheguei no aeroporto e um colega de trabalho foi me buscar lá, pois temos obras lá no rio, e ele está morando lá. Ele me levou até a minha reunião, tudo correu super bem, o pessoal lá é mais tranquilo, não são iguais a nós paulistas desesperados por trabalho.. HAHAHA.
Paramos para almoçar e logo fomos visitar as duas obras que ele está. Eram lindas. O clima no Rio estava ameno, abafado, mais não tão quente quanto eu pensei. Ainda bem se não eu ia derreter com aquela calça preta.

Hora de voltar.. Ahhhhh que pena! Cheguei no aeroporto e meu voo atrasou quase uma hora, que raiva, eu estava muito cansada, queria minha cama, o pior era ter que descer em Campinas e ainda dirigir mais 150km até em casa. Mais cheguei bem, graças a Deus!

Bom, essa experiência foi única, eu adorei, quero de novo pode?!
Aqui vai algumas dicas para você que assim como eu nunca tinha viajado a trabalho:
Procure saber como está o clima no lugar para onde você vai, para não passar nem calor, nem frio;
Vá com roupas de trabalho! Por mais que você esteja fora do escritório, não confunda as coisas, aquela sainha você deve deixar para usar no fim de semana;
Vá de sapatilha ou com um salto baixo, as andanças dentro dos aeroportos ficam mais agradáveis se forem com algum sapato baixo;
Leve uma bolsa grande para que caibam os materiais do trabalho, e seus itens pessoais, como um blusa, ou um par de sapatos se for preciso;

Bom pessoal acho que é isso;

beijos

Nathália

Intercâmbio: Considerações finais

IMG_1381Oi meninas tudo bom?

Vocês já devem saber que semana passada minha viagem chegou ao fim (triste realidade) e para quem não sabe, eu passei um mês na Inglaterra na cidade de Brighton estudando inglês, contei tudo aqui neste post. Então, agora que acabou e estou de volta vou falar um pouco sobre essa experiencia.

Bom, a primeira coisa que ouvi quando cheguei aqui no Brasil foi:  “Mas valeu a pena esse investimento?” podem acreditar que valeu muito mas muito a pena, não me arrependo nem por um segundo. Meu inglês melhorou muito, eu já tinha uma base boa antes de ir pra lá, então foi mais fácil para desenvolver, e essa é uma dica que eu dou, se você quer fazer um intercâmbio NÃO vá sem saber muita coisa do idioma.

Outro ponto muito importante, ir SOZINHO, no começo é claro que fiquei com medo não sabia se meu inglês era o suficiente para me comunicar bem, se eu iria fazer amigos com facilidade, enfim sempre ficamos apreensivos nessa momentos né. Mas, juro que foi a melhor coisa que fiz porque assim eu fui obrigada a sair da minha zona de conforto, expandir meus horizontes e o principal: falar inglês. Logo o medo passou, conheci pessoas na mesma situação então foi fácil fazer amizade e essa foi a melhor parte. Nuca poderia imaginar que iria fazer amizades tão incríveis como fiz em Brighton. Não fiquei amiga de nenhuma brasileiro, afinal estava lá para falar inglês, e não tem jeito gente, se você encontrar alguém do seu país você vai SIM falar o seu idioma e isso ira prejudicar seu aprendizado ( e se for pra conhecer brasileiro não precisa sair do Brasil né).

Cada pessoa reage de um jeito, se você for uma pessoa muito apegada a família claro que irá ser mais difícil se adaptar mas eu não tive muitos problemas (acho que sou uma viajante por natureza ahah), no começo é tudo meio estranho fiquei um pouco perdida mas isso é normal.

Mas resumindo, o intercâmbio foi sensacional sinto muita saudades (mas muita mesmo) de tudo, da cidade, da escola e principalmente dos amigos que fiz lá. A pior parte foi a despedida, foi duro dizer tchau sem saber quando vou voltar a vê-los novamente, foi triste e ainda é, só de escrever já me dá vontade de chorar (de novo) mas espero poder encontra-los novamente.

Valeu a pena cada centavo e cada segundo, foram os melhores momentos da minha vida com certeza.

Ficou enorme o post mas espero que tenham gostado.

Beijos,

Joyce.

Playlist – Viagem

Oi meninas, tudo bom?

Eu não sei vocês, mas eu sou viciada em musica, não vivo sem, quando cheguei aqui na Inglaterra percebi que havia perdido meus fones de ouvido e quase morri de tristeza então essa foi a primeira coisa que comprei aqui (e quase morri de novo, porque custou 25 libras, Apple é cara até na Europa). Mas, fiz esse post para compartilhar minha playlist com vocês. Vamos lá!

Eaí meninas gostaram?

Curtam as musica no final de semana 😉

Beijos,

Joyce.

Intercâmbio – Brighton

Olá meninas, tudo bom?

Aqui está ótimo, tudo lindo e não quero ir embora nunca mais, juro!

Brighton-Luxury-Bed-Breakfast-Hotel-AccommodationMas vamos ao que interessa, vamos falar sobre a cidade de Brighton. Essa é minha primeira semana mas parece que moro aqui a um tempão, se locomover pela cidade é super fácil pois ha ônibus (sim, são aqueles de dois andares) circulando por toda parte e geralmente eles passam num intervalo de 15 minutos, em cada ponto tem uma placa com o horário exato (lembrando que os ingleses são mesmo pontuais) em que irá passar o próximo ônibus. E pra melhorar dentro do ônibus tem um letreiro eletrônico que avisa qual é a próxima parada, ou seja NÃO dá para se perder!

Sobre a minha hostfamily não tenho o que reclamar, eles são incríveis, super atenciosos e me deixam super a vontade. Cada casa tem suas regras, no primeiro dia eles te mostram o seu quarto e falam tudo o que você pode ou não fazer. No meu caso, aqui é super tranquilo, eu posso chegar a hora que eu quiser, desde que eu não faça barulho é claro, aqui na casa eles jantam as 18:00 horas, mas eu posso jantar a hora que eu quiser, eles sempre deixam pronto depois é só eu esquentar. Mas lembrando que isso é sorte mesmo viu, vai depender de qual família vai te hospedar.

Eu estudo na St. Giles International, é um prédio antigo e lindo que fica em frente ao Royal Pavilion, acho o máximo estudar ao lado de um palácio. A estrutura da escola é ótima e moderna e os professores são incríveis. Todos os dias da semana a escola organiza passeios onde nós podemos nos inscrever e geralmente são gratuitos. Conheci gente do mundo inteiro lá, mas especialmente Suíços, meu Deus como tem gente da Suíça nesse verão em Brighton, mas sem duvidas foram as pessoal mais legais que conheci.

Meu lugar favorito é a praia e o pier com certeza. Como é verão, e sol é uma coisa rara na Inglaterra, é claro que todo mundo vai pra lá, seja para se divertir nos brinquedos, andar ou comer  em uma das lanchonetes no pier,  ou até mesmo sentar na praia (não é areia e sim pedras) e olhar o mar, e não, não é muita gente que se arrisca a entrar naquela água gelada. Sempre tem algum artista de rua, normalmente próximo a algum restaurante em frente á praia,  cantando ou tocando algum instrumento, todos diga-se de passagem muito bons. O melhor é poder caminhar ouvindo um som ao vivo. This is Brighton!

IMG_1214 - Copia

IMG_1238

IMG_1270

IMG_1255Por hoje é só meninas. E aí o que acharam?

Beijos

Joyce.

 

 

Intercâmbio – Documentos

Imagem

Oi meninas, tudo bom?

Hoje vou falar sobre quais documentos são necessários para o intercâmbio. Vamos lá!

Passaporte:

Bom, o primeiro passo é tirar o passaporte. É super simples você só precisa entrar no site da Polícia Federal  e solicitar a emissão do passaporte que irá gerar a Guia de Recolhimento da União – GRU, após o pagamento da guia você devera agendar um dia para comparecer ao Departamento de Polícia Federal. Você deverá levar: O boleto pago, RG, CPF, Título de Eleitor e comprovantes de que votou na última eleição.

Vistos:

Alguns países exigem o visto tanto para turismo quanto para quem vai estudar. Você deve agendar uma entrevista no consulado ou na embaixada do país de destino, no dia leve toda documentação solicitada juntamente com o comprovante do pagamento das taxas. Eu não precisarei de visto, no caso do Reino Unido para quem vai ficar menos de três meses não é necessário, chegando no país eu irei passar pela imigração e apresentar a documentação solicitada e terei uma “licença” para permanecer no país. Caso eu quisesse ficar mais de três meses aí sim eu teria que solicitar um visto.

Seguro Viagem:

O seguro é obrigatório para quem vai fazer intercambio e geralmente as agências oferecem este serviço. No caso da Europa deve ser um seguro com cobertura de 30 mil euros.

Passagens aéreas:

As minhas passagens comprei diretamente com a CI, o bom de comprar com a agência é que eles conseguem descontos. A CI conseguiu com a TAM um voo direto (sem escalas) São Paulo – Londres a um preço razoável, o que achei ótimo.

Dinheiro:

Com relação a quanto levar para seu intercâmbio, isso depende de você, porem, cada país exige uma quantidade minima por dia. No Reino Unido por exemplo são 60 libras por dia. Como o IOF cobrado no cartão de credito internacional é muito alto,  eu acho que o ideal é levar um quantia em dinheiro e uma quantia no Travel Money, que é um cartão internacional pré-pago, eu solicitei um pelo meu banco que é o Itau mas existem diversas opções.

Por hoje é só meninas,

Beijos

Joyce.